O Rio São Francisco, também conhecido popularmente como o 'Velho Chico', nasce em São Roque de Minas, na Serra da Canastra, no estado de Minas Gerais, a aproximadamente 1200 metros de altitude. Atravessa o estado da Bahia, fazendo sua divisa ao norte com Pernambuco, bem como constituindo a divisa natural dos estados de Sergipe e Alagoas, e, por fim, deságua no Oceano Atlântico, drenando uma área de aproximadamente 641 000 km². O rio atravessa regiões com condições naturais das mais diversas e tem cinco usinas hidroelétricas. Apresenta dois estirões navegáveis: o médio, entre Pirapora (MG) e Juazeiro (BA) /Petrolina (PE) e o baixo, entre Piranhas (AL) e a foz, no Oceano Atlântico.

O rio recebe água de 90 afluentes pela margem direita e 78 afluentes pela margem esquerda, num total de 168 afluentes, sendo 99 deles perenes. É um rio de grande importância econômica, social e cultural para os estados que atravessa. Folcloricamente, é citado em várias canções e há muitas lendas em torno das carrancas (entidades do mal) que até hoje persistem. 

A transposição do Rio São Francisco se refere ao polêmico e antigo projeto de transposição de parte das águas do rio São Francisco. O projeto é um empreendimento do Governo Federal, sob responsabilidade do Ministério da Integração Nacional. Orçado em R$ 4,5 bilhões, as obras começaram em 2007 para construir dois canais que totalizam 700 quilômetros de extensão. Tem previsáo de conclusão em 2012. A meta é ampliar a irrigação da região nordeste e semi-árida do Brasil. A polêmica criada por esse projeto tem como base o fato de ser uma obra cara e que abrange somente 5% do território e 0,3% da população do semi-árido brasileiro. Também, se a transposição for concretizada poderia afetar intensamente o ecossistema ao redor de todo o Rio São Francisco. O principal argumento da polêmica dá-se sobretudo pela destinação do uso da água: os críticos do projeto alegam que a água será retirada de regiões onde a demanda por água para uso humano e dessendentação animal é maior que a demanda na região de destino e que a finalidade última da transposição é disponibilizar água para a agroindústria e a carcinicultura.

The São Francisco river, also known locally as 'Old Chico',  begins in São Roque de Minas, in the Canastra mountain Range in Minas Gerais state, approximately 1200m above sea level. The river traverses Bahia state, constituting the natural border with the Western part of Pernambuco state and Sergipe e Alagoas states. It flows into the Atlantic, draining an area of approximately 641,000 km². The river river crosses a diversity of geographic regions and provides energy to five hydroelectric plants. It has two navigable stretches: 'the middle', between Pirapora (MG) and Juarzeiro (BA)/ Petrolina (PE) and 'the lower' between Piranhas (AL) and the between Piranhas (AL) and the rivers end, in the Atlantic Ocean.

The river receives water from 90 tributiries to the East and 78 tributries to the west, a total of 168 tributries, 99 of which are constant. It is a large river with great economic, social and cultural importance to the states that it traverses. The river has a strong presence in folklaw, cited in numerous songs and cited in legends around the 'carrancas' (wooden maidenheads fixed on the bow of boats to ward of bad spirits).

The transposition of the São Francisco river is a controversial and old project to divert part of the waters of the São Francisco river. The projeto is an initiative of the Federal Government, under the responibilidry of the Ministry of National Integration. Budgeted at R$4,5 billion, the works started in 2007. The goal is to increase the irrigation of the semi-arid region of the Northeast of Brazil. The controvery over these works are based on the high cost of the project that will only benefit 5% of the territory and 0,3% of the population of the semi-arid region of Brasil. There are also worries that the transposition could intensly affect the ecosystem along the São Francisco river. The focus of the controversy is around the use of the water: the critics aledge that the water would be taken from the regions where the demand for the water for human and animal use is greater for the deman in the region that it will be diverted to and that the final destination will be for agroindustry.


O Rio Sáo Francisco tem extenáo de 2830KM  e passa por cinco estados. 

The São Francisco river is 2830km long and traverses five Brasilian states.

Abaixo mostra a viagem que foi feita, marcando cada local onde realizarmos uma oficina. 

Below shows the journey that we took along the river and each of the places where we gave workshops.